sábado, 26 de novembro de 2016

Sábado é sinónimo de ficar na cama, sem ter pressa para sair desta, é dormir e acordar sem despertador, é andar a deambular por toda a casa em pijama sem ter que estar sempre a olhar para o relógio para não me atrasar... Sábado é sinónimo de beber chá em frente à janela da cozinha e ver a rua, e a chuva, que neste caso por aqui chove, e que eu tanto amo ver este ambiente.
Sábado é sinónimo de se andar na descontra.
Bom Sábado.
Beijinhos.

6 comentários: