sábado, 18 de março de 2017

Como sabem a avó do meu noivo tem um tumor no estômago e como já está espalhado pelo corpo não lhe vão fazer tratamentos, apenas vão lhe dando medicamentos para amenizar a dor que este causa, porém ela também tem anemia(derivada do tumor) e por isso quase de mês a mês tem que ir ao hospital levar uma ou várias transfusões de sangue.E, há duas semanas ela sentia-se muito, muito fraca e no hospital disseram-nos que quando isso acontecesse para nós ligar-mos que eles resolviam o resto.Liga-mos sexta-feria dia 10 de Março porém só conseguiam que ela tivesse consulta na terça-feira dia 14, ok...
Chega terça dia da consulta e lá vão eles, porém os médicos faziam perguntas à velhota e ela dizia que não sabia de nada, que nós não lhe dizíamos nada a minha sogra passou-se, claro que não lhe dissemos que ela tinha um tumor, mas dissemos-lhe que estava muito doente do estômago e que por isso tinha que comer tudo passado etc, os médicos também perguntaram se ela queria saber o que tinha, e ela primeiro disse que sim, mas depois já disse que não, portanto ela deve desconfiar que doença tem pois dois irmão já tinham morrido com algo parecido.Portanto não quis saber ok, até acho que foi o melhor.
O mais engraçado nisto tudo é que ela quando chega ao hospital tem sempre muita fome, já aconteceu em casa não conseguir comer, e, ir ao hospital para uma consulta e querer comer muito...
É claro que os meus sogros não acham muita piada porque mesmo não dizendo nada as pessoas pensam e deve pensar que a senhora não come nada.
Ela tem medo dos hospitais, ela própria já me disse que não gostava de hospitais, e que preferia fazer os tratamentos em casa, claro que já lhe expliquei que certos tratamentos ela tem que fazer no hospital como levar sangue e certos medicamentos que só se consegue no hospital, ela diz que sim, mas vejo na cara dela que ela fica tão assustada....
Mas pronto, lá teve a consulta na terça e ela na quarta vira-se para o meu sogro e diz-lhe "vocês queriam era que eu ficá-se no hospital para estarem descansados", tipo WTF?! Eu quando soube fiquei de boca aberta, na semana antes, tinha sido ela própria a dizer que estava fraca, que queria ir ao hospital e que no hospital se sentia melhor do que em casa e depois diz aquilo ao meu sogro.
Quinta-feira ligam-lhe a dizer para ela lá ir levar mais sangue visto que as análises estavam baixas.
E pronto é isto, se num momento tenho aquele sentimento de "pena", noutro vejo que a mulher é mesmo tramada, mas o que é certo é que eu me parto a rir com ela.
Ela diz que eu sou uma estreleca ahah, que pelo que me disseram era o que se usava antigamente para os pássaros não comerem os cereais,ou vento ou os pássaros batiam-lhe , a estreleca fazia barulho e os pássaros fugiam, portanto a minha voz é uma estreleca, ahah.
Beijinhos
Vanessa*

1 comentário:

  1. É preciso ter um certo jogo de cintura para lidar com a senhora, estou a ver :o

    ResponderEliminar