Avançar para o conteúdo principal
Acredito que as coisas acontecem por alguma razão, seja destino, seja o que for.

Como já aqui disse a Avó do meu noivo está doente muito doente.Soube-se em Janeiro que tinha cancro e pelo estado de avanço que tinha não lhe iam fazer nada, apenas amenizar a dor com comprimidos e fazendo algumas transfusões de sangue para que "arrebitá-se" um pouco até chegar a sua hora de partir.
Porém quando soubemos do seu estado de saúde tratamos de avisar o outro filho que continua na terra, irmão da minha sogra, mas não dava, tinha sempre muito trabalho e tudo estava em primeiro lugar, do que a mãe que estava a morrer, falou-se em virem passar o Natal, pois possivelmente seria o último e não ia dar porque a mulher já tinha combinado com a irmã passarem todos juntos, ok.
Passou-se o Natal, o Ano-novo, o Carnaval e nada, nada de vir ver a mãe, nada de a neta vir ver a avó, visto não estudava, nem trabalhava podia cá vir, mas não veio.
Chegou o dia em que ligaram a dizer que a F. tinha consulta de Oftalmologia e que vinham cá passar o fim-de-semana X.Chegou a segunda-feira dessa semana ligaram e afinal só vinham no Domingo, tudo bem.
Foi a Páscoa e fomos à terra dos meus sogros, e avó, onde reside o irmão, e familiares, todos a foram ver, afinal aquilo podia ser a despedida.
E era, desde essa altura que ela vinha cada dia que passava pior, foi a uma consulta e ao fazerem-lhe a transfusão de sangue esta já não resultou, havia dias em que não comia quase nada, mas levantava-se.
Desde este Sábado que não comia nada, e só vomitava, escuro,possivelmente sangue, e o meu sogro na segunda ligou para as enfermeiras, contou-lhes o que se estava a passar e disseram  para se levar na terça, ontem.
Ontem os meus sogros lá foram com ela, e ela ficou internada, está a sofrer, cheia de dores,e já não há nada a fazer, o médico disse que não valia a pena fazer mais transfusões de sangue, só se a minha sogra quisesse,pois não ia alterar em nada.

Era isto que mais se temia, o sofrimento dela, ela tem um feitio especial, e é preciso um grande jogo de cintura para lidar com ela, mas ela é humana e saber que está a sofrer, corroí o nosso coração.
Não lhe desejo que melhor, pois sei que não vai melhorar, e sim sofrer mais e mais, apenas desejo que descanse em paz e o mais rápido possível, ninguém merece sofrer tanto..

Destino é esperar pela família para se despedir e poder partir.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Bom Fim-de-semana :)*

28 factos sobre mim|| Comemoração dos 28 anos

Ora aqui a pessoa faz 28 anos e para "comemorar" vou deixar 28 factos que vocês não sabem sobre mim:

1- Antes dos meus 20 anos odiava café, hoje em dia amo, e não passo um dia sem beber.
2-Ainda na onda dos líquidos, não suporto leite quente, seja o sabor ou o cheiro, dá-me vómitos.
Ps:Hoje em dia não bebo mais leite de origem animal, mas mesmo os de origem vegetal não consigo beber quente.
3-Prefiro 7up a coca-cola :P.
4-Sou louca por chocolates.
5-Adoro comer.
6-Como cortei nas carnes vermelhas, dou por mim a inventar receitas com vegetais,quem sabe se um dia não crie uma rúbrica "cozinhem com a Vanessa" ;).
7-Dos meus 3 meses até aos 5 anos estive num colégio de freiras porém...
8-Não sou católica, mas tenho a minha fé.
9-Adoro tirar fotografias e "tratar" das mesmas.
10-Ouço músicas com mais de 20 anos , sou uma antiga eu sei :P.
11-Quando ouço uma música (especialmente as músicas do momento)de que goste, é ouvir até enjoar.
12-Durante 15 anos roí as …

Ao futuro

Não sei como começar o texto, afinal ainda é um assunto muito recente, e possivelmente vai trazer muitas dúvidas, confusões, e só quero que haja respeito e que cada pessoa é livre de fazer o que quiser, seja qual for o seu propósito no mundo.

Desde que nasci que sempre comi carne, muita carne, adorava carne-não quer dizer que não goste-mas toda a minha alimentação era à base de carne, peixe também mas a questão aqui é mesmo a carne.e, por isso sempre foi muito costume meu, comer carne quase todos os dias, porco, borrego, vaca, frango e perú, estavam sempre juntos com batatas, arroz, feijão brócolos etc. Porém havia uma carne que eu não conseguia comer,e ainda hoje não como de todo, é carne de coelho a dita carne branca, a famosa carne de coelho que sabe bem numa feijoada, mas eu, Vanessa Pereira, não era capaz de comer mas as outras carnes eu comia e porquê?Porque enquanto eu muitas das vezes  tinha coelhos, lebres em casa para criar (e soltar na floresta)eu não tinha os ditos porquin…