domingo, 31 de dezembro de 2017

Joana!

Vai ser um texto diferente, vai ser um texto para a minha irmã, que eu sei que ela me lê! :).

Minha loira, vai buscar lenços porque vais chorar :P.

Sabes o quanto és importante para mim, e sabes perfeitamente que aquilo que digo que é do fundo do meu coração, nunca imaginei que depois de 25anos, ainda te continuaria a amar, como te amei a primeira vez!Hoje fazes 25 anos, e parece que foi ontem que te vi, parece que foi ontem que fiz a birra porque te queria trazer para casa e tu não podias, pois tinhas nascido à horas.Da alegria que foi trazer-te para casa, das nossas brincadeiras, éramos tão felizes!
Da vez em que te quis cortar o cabelo do qual tu negaste e eu acabei escondida a cortar o meu(Sempre tive a queda para cortar cabelos ahah), e tínhamos um casamento dias depois, e éramos as meninas das alianças! Nunca me vou esquecer daquela sandes que eu deixei cair, que era o teu lanche, e do tempo que tive a chorar porque não ias ter lanche naquela manhã....
Não me vou esquecer do teu primeiro namorico e de eu pensar "A sério?A minha irmã está parva ou quê?".Talvez quisesse que ficasses para mim,para sempre...
Não me vou esquecer da vez em que me disseste que eu ia ser tia!Como assim tia?!
Não me esqueço das vezes em que levamos horas e horas a falar ao telemovel, só porque sim, só para me fazeres companhia, porque o bus passou e eu não quero estar sozinha, ou porque simplesmente tenho saudades de ouvir "olá Ursinha" ;).
De facto ter uma irmã como tu... Não consigo encontrar qualquer palavra para completar a frase, porque tu és tu ponto. E és minha para sempre.

Que este dia seja especial, com um bebé dentro de ti (Quero uma Tota :P). e que continues a ser a pessoa que és!Nunca mudes loira.
Parabéns.
Amo-te!

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Sobre o Natal...

Fiquei doente!Isso mesmo, eu que andava a dizer a toda a gente que não ficava doente desde o casamento(Setembro), pronto foi agora.
Fomos passar o Natal a uma terrinha perto de Viseu, com os meus cunhados, sogros, e sogros do meu cunhado e mais familiares. No total éramos 15, ou seja uma mesa cheia, muitos risos, muita alegria...
O irmão da minha cunhada tem um filhote de 3anos e o miúdo tem medo do Pai Natal isso mesmo, tem tanto medo que quando o viu(o Pai da minha cunhada fez de Pai Natal e distribuiu as prendinhas pela família)o miúdo manda-se para debaixo da mesa para se esconder, foi a risota total...
Ao mesmo tempo que o Pai Natal ia distribuindo os presentes, ele ia dizendo que se tinha portado bem ahah, ;).
Foi o primeiro Natal com aqueles familiares e até gostei!Só não gostei é que aquilo é frio que se farta, e depois aqui a toina foi passear com a sobrinha o sorriso(cão) e deu nisto, eu bem me agasalhei, mas pronto, se já andava a tossir antes de ir, depois do frio, fiquei pior....

E vocês como foi o vosso Natal?
With Love
Vanessa.

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Ainda não acredito que faltam poucos dias para entrar num novo ano...
Ainda não acredito que este vai ser o meu primeiro natal mesmo casada, oh meu deus, ainda me parece um sonho é verdade.
Estou feliz,esse é um facto!
Queria desejar-vos a todos um Feliz Natal, e que o passem com as pessoas que realmente façam a diferença nas vossas vidas.
Divirtam-se,comam, chorem, riam, faço tudo!O dia de amanhã é tão incerto...Aproveitem!
With Love.
Vanessa.

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Recebi a noticia que a minha irmã estava grávida, na nossa lua-de-mel, descobriu pouco tempo antes,mas não me tinha dito nada porque aquele era o meu momento e não o dela!
Ela já tem um menino, o meu S.
E ver que ela está grávida fico a pensar em como ela cresceu! Esta a correr tudo bem,e o bébé nasce entre Maio e Junho, e ainda não sabe o sexo!A verdade é que queremos que venha com saúde porque o resto é bónus, mas por acaso até gostava que fosse uma bébé :).
Quem não ficou muito contente foi o meu sobrinho que disse "que tinha muitos amigos e os primos para brincar..." pronto é isto, as crianças são de facto imprevisíveis com as suas respostas na ponta da língua. :)
With Love.
Vanessa.

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Quando o teu casamento é capa rosa na tua família...

Antes de começar qualquer tipo de texto devo dizer que não tenho nenhum contacto com a "minha família", sem ser basicamente os meus pais, irmã, cunhado e sobrinho.(não era assim, mas quando a minha avó morreu 2009 a "família" deixou de existir..)

E perante isso, quando fiquei noiva e comecei a organizar o casamento, afirmei que só vinham pais, irmã, cunhado e sobrinho ponto!Que estando em Lisboa desde 2009 e nem um telefonema me fazerem para saber se estava tudo bem faziam, naquele momento não eram precisos.
Havia um tia que eu sendo sincera até gostava de convidar mas revelou-se o que já estava à espera e por isso não a convidei.
Quando começámos a planear todo o processo não havia parte da noiva nem do noivo, eram amigos, e familiares dos noivos!
Deu-se o casamento e com as novas tecnologias, houve fotos do dia pelo facebook, onde vários familiares me deram os parabéns, feitos falsos , visto que depois eu estava assim, estava assado, estava toda descabelada... esta foi de morte, realmente uma pessoa tira uma foto com amigos e irmã, ao final do dia, depois de já ter dançado imenso, pulado ,tudo e mais alguma coisa, é óbvio que o semi-apanhado estava para lá da meia noite....
Mas pronto, a dor do cotovelo nunca falou tão alto, que foram falar com a minha mãe e irmã que eu não os tinham convidado, pelo menos mandado o convite, s´ eu não os queria no meu casamento ia mandar convite por alma de quem?
Mas melhor dos melhores foi falarem para a minha irmã e mãe, para mim, que me casei não me disseram nada ahah.

Houve uma prima que teve a lata de falar com a minha irmã e até dizer que pelo menos tinha mandado o convite à mãe dela(aquela tia de que falei em cima) e que blá blá blá.
Eu realmente fiz o que sentia, e sinceramente se não os queria presentes naquele dia... Além de que fiz o mesmo que ela fez aos meus pais e irmã, ficou muito ofendida, mas realmente não havia contacto de essas pessoas para mim, mas já eles até iam à quinta onde estão os meus pais buscar isto e aquilo para a sopa, baptizaram o miúdo mais pequeno e não os convidaram... Realmente tinha muito para ficar ofendida ...

Mas pronto, quero dizer com isto que quando casarem convidem mesmo quem vos faz a diferença e não convidem só por convidarem, nós éramos 56 pessoas e fizemos a festa, demos atenção mesmo que pouca a todos os convidados, houve brindes, muitos sorrisos, choro de baba e ranho...
Que a minha irmã fartou-se de chorar quando me viu entrar de braço dado com o meu pai, ahah..

Mas foi um dia tão bonito que depois o resto rasguei e nem me importa que falem , mas de facto houve ali um bocado de inveja ....

With Love.
Vanessa.

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Explicar a uma criança... o porquê de?

Adoro crianças. acho que já aqui o tinha tido, e, duas vezes por semana faço de babysitter(às vezes até mais), e num destes dias, depois de ir buscar a menina à escola e de ela ficar deveras contente com todas as luzes natalícias, deparamos-nos com uma montra que tem uma árvore de natal cheia de prendinhas(daquelas falsas) e ela olha para mim muito espantada e diz-me:
-Ai Manessa(é o nome carinhoso pelo qual ela me trata), que árvore de natal tão grande,com tantas prendas e a minha árvore não tem nada!
A cara da miuda ao ver aquilo foi linda, se eu soubesse que aquilo ia acontecer teria com certeza gravado o seu espanto.Mas depois ela dizer-me que aquela árvore tinha muitas prendas e a dela não tinha nada...Ela tem 3anos e como é lógico as palavras têm que ser simples, mas que vão ao encontro da idade dela, e não valia a pena eu estar a dizer que aquilo não tinha nada lá dentro, porque ela estava a ver caixas com embrulho de natal.
E por isso expliquei que eram muitos meninos e que o Pai Natal(ela ainda vive essa magia),andava a distribuir as prendinhas para que no dia 25 de Dezembro, o que dia em que faz muito frio e cai neve, eles possam abrir, mas que o Pai Natal seria muito rápido a entregar.
De facto , não sei se ela entendeu o que eu quis dizer, mas não me falou mais no assunto da árvore.Assunto arrumado. :).
With love.
Vanessa

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

"Tenho um problema", se estivermos a falar e se por acaso me falaram que actor ou actriz X fez isto ou aquilo, a minha cabeça fica numa roda viva, isto porque muitas das vezes tenho dificuldades em "saber" qual é a pessoa em questão, claro que se me disserem que o actor X, que fez o filme tal, e que se chamava(nome do personagem), chego lá com muita mais facilidade.
Porém se forem actores no geral emblemáticos claro que não vale a pena estar com todo aquele mimimi, ou se for alguém do qual eu gostei imenso do filme, e fiz uma ou outra pesquisa sobre a pessoa, e o nome fica na memória, de resto, tem sempre que vir com a história que fez este filme e tal...
Alguém de identifica comigo?
With love.
Vanessa.

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Quando criei este espaço-depois de uns dois terem sido "esquecidos"ou "eliminados"- disse para mim mesma que a este não lhe ia acontecer o mesmo, podia não haver textos todos os dias, mas, queria que isto se torná-se como um diário para que (talvez) no futuro possa mostrar aos meus filhos como era a mãe deles, antes e depois de casar.
O blogue/diário é meio público e se por momentos tenho imensa vontade de contar ao resto da família que tenho um espaço onde escrevo, por ou lado penso que será melhor assim, vocês sabem que me chamo Vanessa, que casei há pouco tempo, que sou alentejana mas que vivo em Lisboa e pouco mais, conto coisas do meu dia-a-dia, das minhas doidices, inseguranças, tristezas, alegrias, afinal isto é um diário aberto para todos os que me seguem...
Falei que o meu blogue era meio público e que às vezes tenho vontade de contar ao resto da família , pois as pessoas mais importantes para mim sabem que tenho este espaço(marido e irmã) e de facto a minha irmã até me diz que adora tudo o que escrevo, e que "mata saudades" da minha pessoa ao ler mais um texto, mais uma aventura, ou simplesmente mais uma reflexão.
Porém tenho sentido que falta algo neste espaço, que mesmo sendo um diário não é actualizado todos os dias, ou tanto como eu gostaria, porque eu trabalho, chegou muitas das vezes a casa perto das 8 da noite, janto, tomo um banho rápido e aproveito o resto que me falta para dar atenção ao marido, e claro os fins-de-semana aproveitamos da melhor maneira, e por vezes o espacinho fica de lado é um facto, mas... se quero guardar este cantinho para que um dia possa mostrar como eu era, tenho que o alimentar e depois de muito pensar e de facto pensei muito, aliás isto parece uma loucura mesmo ahah, vou começar a criar conteúdo aos fins-de-semana e começar a "libertar" ás segundas, e quintas, se correr bem vou colocar um dia a mais, mas neste momento prefiro comprometer-me com dois textos por semana, é claro que se houver mais "alimento" posso fazer um texto extra.Não quero de todo que este diário volte a ser esquecido, muito menos parado e, por isso prefiro estes dias, para que todas as semanas possam saber um pouco mais sobre mim.

Outra alteração é que também vou começar a responder aos vossos comentários no próprio o texto e assim não me esqueço de ninguém.
Obrigada.

sábado, 2 de dezembro de 2017

Dezembro

Dezembro... Último mês do ano, e que ano...
Que venham dai os dias bem frios, as lareiras e as mantas.As conversas até de madrugada sobre o quanto adoramos o tempo frio ,acompanhadas de um chá quente ou chocolate feito em cima do pé.
Das noites enrolados em mantas a ver filmes que já vimos imensas vezes mas que desta vez "vamos descobrir um novo detalhe que nos escapou", afinal todos os momentos são bons para fortalecer (mais)o que nos une.Que venham as decorações, as "boas-festas", a correria para comprar esta prenda ou para fazer aquele embrulho... Os doces, as paparocas habituais desta época festiva... Que venha daí o Natal.... :).