Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

So fluffy #3

Ele faz anos

Não sei explicar o que sinto por ti, estas borboletas na barriga quando chegas a casa do trabalho, o coração a pular quando vejo que tenho uma mensagem tua, tal e qual como quando começámos a falar.
Fazes parte de mim há quase 14 anos e 8 deles são juntinhos.
Amote sem hífen porque entre nós não há separações.
Que este dia, seja inesquecível, dentro de todos os possíveis (visto a fase pelo qual a família está a passar).
Não consigo escrever nada de jeito eu sei, porque tu me deixas assim, sem jeito.
Parabéns meu amor.
Amote*
Acredito que as coisas acontecem por alguma razão, seja destino, seja o que for.

Como já aqui disse a Avó do meu noivo está doente muito doente.Soube-se em Janeiro que tinha cancro e pelo estado de avanço que tinha não lhe iam fazer nada, apenas amenizar a dor com comprimidos e fazendo algumas transfusões de sangue para que "arrebitá-se" um pouco até chegar a sua hora de partir.
Porém quando soubemos do seu estado de saúde tratamos de avisar o outro filho que continua na terra, irmão da minha sogra, mas não dava, tinha sempre muito trabalho e tudo estava em primeiro lugar, do que a mãe que estava a morrer, falou-se em virem passar o Natal, pois possivelmente seria o último e não ia dar porque a mulher já tinha combinado com a irmã passarem todos juntos, ok.
Passou-se o Natal, o Ano-novo, o Carnaval e nada, nada de vir ver a mãe, nada de a neta vir ver a avó, visto não estudava, nem trabalhava podia cá vir, mas não veio.
Chegou o dia em que ligaram a dizer que a F. tinha cons…

So fluffy #2

Sou desastrada, bato em tudo e mais alguma coisa. Se me perguntarem como fiz a nódoa negra, raramente sei. E depois a minha pele, também não ajuda muito e um toquezinho mesmo que pequeno fica marca. A última foi nesta sexta-feira, estou a mexer no telemóvel e devo ter adormecido, não sei, mas levei com o telemóvel na cara, mesmo por baixo do olho, resultado... Uma grande mancha vermelha, não me dói, mas sinto uma pequena saliência no local.... E isto sou eu! Sem tirar nem por. Desastrada até aos últimos dias da minha vida.